Publicidade

loading...

As Multiplas Funções das Ervas

15:44:00

Imagine que delicia dispor de um jardim de ervas em casa para usufruir de suas variadas propriedades na culinária, na medicina caseira ou mesmo na harmonização do ambiente. Mas não adianta apenas possuir o jardim, é preciso principalmente saber utilizá-lo e ter familiaridade com cada uma das espécies cultivadas. Com cerca de 18 espécies de ervas já é possivel implantar um herbário para uso caseiro. O correto é separar um metro quadrado de canteiro para cada erva. Após seis meses do plantio, as espécies já estarão viçosas e poderão ser colhidas. Contudo, é importante destacar que a colheita deve ser realizada da maneira correta para que o jardim possa ser utilizado durante dois anos, em média. Na hora de colher as ervas, é fundamental que seja retirado, no máximo, 1/3 da planta, caso contrário ela pode morrer. Outro detalhe importante que deve ser observado pelo usuário do jardim é que a prática de poda constitui-se no próprio uso da planta. Um jardim de ervas pode ter várias finalidades, mas o principal é estar colhendo buquês para colocá-los em vasos na cozinha. Neste caso, é preciso colher alguns galhos de ervas no jardim, limpar totalmente a parte que ficará dentro da água, retirando as folhas, e em seguida colocar o buquê num vaso com água, assim é possivel ter ervas frescas durante um mês.

Alecrim: Muito digestivo, o alecrim aumenta a produção do suco gástrico. Auxilia funções hepáticas, é anti-depressivo e alivia a exaustão física. Atua também como tônico do sistema nervoso, controla a formação excessiva de gases e auxilia a digestão de gorduras. Em frituras, deve ser colocado diretamente no óleo. Sua função, neste caso, é tornar a fritura menos indigesta. Não deve ser usado excessivamente por gestantes, pois é abortivo. Na culinária, pode ser usado em batatas, carnes em geral e quibebe.

Tomilho: Utilizado em chás, o tomilho evita o aparecimento de várias doenças. É tônico, revigorante, expele gases intestinais e age como digestivo. Além disso, é ótimo para resfriados e dor de garganta, limpa o organismo das impurezas, elimina afecções causadas por fungos e é bom para dermatose. Pode ser usado ainda para lavar os pés. Na culinária, é utilizado em molhos, pães, peixes, feijão, carnes, recheios e massas.
Segurelha: É o melhor adstringente intestinal e de todo o aparelho digestivo. Em gargarejos, auxilia no tratamento da dor de garganta. Também possui a função de facilitar a eliminação de secreção dos brônquios. Na culinária, pode ser usada em carnes e feijão.
Manjericão: Age beneficamente na instabilidade emocional, dor de cabeçã nervosa e é um ótimo sedativo. Expele gases intestinais e través de chás ou banhos afasta a fadiga do fim do dia. Na culinária é utilizado em molhos, saladas, carnes, arroz, feijão, massas e pizzas.
Manjerona: Age como anti-séptico, antiinflamatório e facilita a digestão. Possui função benéfica para o tratamento de reumatismo e artrite. Auxilia ainda na cura de resfriados. Na culinária, é usado em molhos, feijão, carnes e massas.
Sálvia: Anti-séptica em todos os problemas da boca e garganta, tais como: gengivite, afta, inflamações, etc. Tem a funçaõ de agir contra calor excessivo como em casos de febre, menopausa, pressão alta e tuberculose. É excelente para cólicas estomacais, menstruais e intestinais. Na culinária é usada em carneiros, cabritos e aves.
Orégano: Possui ação anti-séptica, antiinflamatória, alivia cólicas e facilita a digestão. É muito usado contra enjôos. Na culinária, é usado em molhos, saladas, refogados, carnes, omeletes, pães e pizzas.
Cebolinha: Sua presença é obrigatória nas hortas. É rica em vitamina A e C e substitui o sabor forte do alho e da cebola. Possui os mesmos efeitos da cebolinha francesa e os mesmos usos culinários.
Salsa: Usada no tratamento de moléstias dos rins e bexiga. Evita a formação de pedras nos rins e é eficaz no tratamento de artrite ciática. É também uma das melhores fontes de vitamina C e possui poderosa fonte de cálcio. Atua na purificação do sangue. Na culinária é usada em quase tudo.
Hortelã: Atua como excelente digestivo, elimina gases e é um ótimo adstringente intestinal. Além disso, é expectorante, ajuda a baixar a febre e age como vermífogo. Por ser uma erva muito refrescante, é ideal para juntar aos sucos. Na culinária é usado vastamente em quibe, tabule, carne de carneiro, salada de beringela, beterraba, salada de frutas, sorvetes e geléias.
Melissa: Possui efeito tranquilizante e atua também como indutor de sono, ideal para crises nervosas e histerismos. Favorece a secreção da bílis e tem ação reguladora nas secreções gástricas. Bom para espasmos, indigestão, gases, enjôos, pertubações gástricas e também para problemas do fígado. Funciona ainda como analgésico, aliviando dores e possui ação hipotensora. É tônico do coração e sistema circulatório, causando dilatação periférica nos vasos e queda da pressão sanguinea. Além disso, age como adjuvante nos distúrbios mentruais.

Capim-Limão: Antiespasmódico, analgésico e calmante, o capim limão determina uma diminuição da atividade motora, aumentando o tempo de sono. O citral tem efeito antiespasmódico tanto no tecido uterino quanto no intestinal com ação emenagoga e carminativa. Estimula a função do estômago e provoca a transpiração. É usado na forma de chás, sucos, óleos de massagem, tinturas e banhos. Floricultura Multiflora Fernandopolis - multifloranet.com.br

Postagens Relacionadas

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blog search directory Diretório de Blogs Comentar/adicionar no Comentarium Home & Garden Blogs
Home & Garden online
20 Minutos
Follow me on App.net Review http://www.multiflorafernandopolis.blogspot.com on alexa.com GeraLinks - Agregador de links Ver! Follow on Bloglovin