Publicidade

loading...

Jardim em Cima do Concreto

20:01:00







Quais as Plantas para Jardim em Lajes?




Quem gosta de plantas não mede esforços para construir um jardim. Enxerga todos os espaços como alternativas viáveis. É possível até desenvolver um belo jardim sobre uma laje. Mas não é pesado? Para onde vai a água? Como fica em cima de uma laje, é preciso ter alguns cuidados, a principal consideração é a drenagem da área, que deve ser adequada e funcionar perfeitamente. 
Dessa forma, garante-se saúde às espécies vegetais e, consequentemente, às raízes, já que o excesso de água das chuvas ou regas escoará facilmente. Para isso, é preciso que existam drenos na forma de ralos. 
Se não tiver, deve criá-los e canalizar a água para a rede pluvial, evitando infiltrações. Eles são imprescindíveis para garantir uma boa drenagem e deixar o jardim exuberante. A quantidade de ralos dependerá da área a ser trabalhada. 
É importante ainda cobrir todos os ralos ou a área com manta bidim, antes da colocação da terra ou substrato a ser utilizado no plantio, para impedir qualquer entupimento e tranquilizar a cliente em relação a uma futura mão-de-obra. Como está situada sobre uma laje, não são todas as espécies que podem ser utilizadas. 
O primeiro passo é verificar o peso ou carga que suporta junto ao engenheiro civil ou arquiteto do projeto, e daí, só depois de conhecer a quantidade de peso pode-se partir para o projeto paisagístico, que envolverá escolha das plantas, seus respectivos portes, equipamentos, entre outros itens. 
Além do peso e porte, a espécie não pode ter raízes profundas ou vigorosas. Deve-se considerar ainda a profundidade dos canteiros e, é claro, o clima e a insolação do local. Aconselha-se ainda fazer uma camada de terra ou substrato compatível com o porte da planta a qual não deve ser inferior a 20 cm para não prejudicar seu desenvolvimento. Um estilo muito apreciado é o Europeu com buxinhos (buxus sempervirens), eugênias americanas ( eugenia sprengelii) e pingo-de-ouro (duranta repens) para a profundidade de 20 cm. 
Para deixá-lo colorido em todas as estações, utilize azaléias (rhododendron simsii) que florescem nos meses frios, o manacá-da-serra-anão (tibouchina mutabilis "nana") no Inverno. 
Já para a Primavera e Verão aconselha-se ipoméia rubra (ipomoea horsfalliae) e lírio-da-paz (spathiphyllum wallisi). 
A maria-sem-vergonha (impatiens hawkeri) é o coringa do jardim porque permanece florida a ano todo. È possivel entre a vegetação trabalhar com as texturas e formas da bambuzia (bambusa gracilis) e pata-de-elefante (beaucarnea recurvata). 
Nas paredes, é possível utilizar suportes em formas florais com ipoméias para quebrar a rigidez dos muros, principalmente em frente dos dormitórios. É ótimo explorar paredes e muros para conseguir mais integração do espaço. Vasos, treliças, forração de bambu, placas de fibra de coco com vegetação e água são sempre bem vindos. 
Para não pisotear o gramado indica-se um caminho com peças de concreto, chamadas de pisogramas, em forma de girassóis, tronco, pés, margaridas ou peixes. 
A criação de pérgolas com primavera sugere até a colocação de bancos de ferro ou concreto para deixar seu jardim ainda mais agradável e aconchegante. 


















MONTANDO LAGO ARTIFICIAL COM CARPAS

Postagens Relacionadas

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blog search directory Diretório de Blogs Comentar/adicionar no Comentarium Home & Garden Blogs
Home & Garden online
20 Minutos
Follow me on App.net Review http://www.multiflorafernandopolis.blogspot.com on alexa.com GeraLinks - Agregador de links Ver! Follow on Bloglovin