Publicidade

loading...

Seu Jardim - 30 Dicas Importantes

19:02:00



Engana-se quem acredita que o jardim é a parte mais simples da construção de uma nova casa. Problemas no planejamento e na execução do jardim são muito comuns e acabam dando muita dor de cabeça com o passar do tempo. Muitas vezes o problema acaba ofuscando o que deveria ser o um dos melhores e belos locais da casa.

E para que tudo saia como você imaginou é preciso seguir algumas regras básicas.



1- O ideal é que um projeto paisagístico nasça com o projeto arquitetônico pois possibilita um leque de soluções bem maior do que quando o paisagista já encontra o espaço consolidado. Quando isso acontece, pode-se baixar os custos finais da obra, pois as estruturas de elétrica, alvenaria e hidráulica são feitas de uma vez só.

2- O primeiro passo para fazer um jardim é escolher o local, medir a área e desenvolver um croqui (rascunho) posicionando as plantas e os materiais necessários para a implantação, como mudas, terra, adubo, calcário, pedras, ferramentas, etc. Depois, análise alguns fatores que influenciarão na escolha das espécies, como incidência de luz, aeração, declividades e qualidade do solo. Se existirem plantas no local, é necessário verificar se elas podem ser aproveitadas, descartadas ou se precisarão ser transplantadas.


3- O elemento surpresa é muito importante para transmitir a sensação de beleza no jardim. Tente mesclar espaços estreitos, sombreados e menos iluminados com ambientes amplos e claros, causando diferentes tipos de sensações. Antes de decidir como será o projeto paisagístico observe o uso que será dado ao espaço, o tipo de mobiliário eventualmente usado e a personalidade dos moradores.


4- Para fazer um jardim sobre uma laje ou uma floreira suspensa, tenha em mente que uma estrutura deve prever o peso que os elementos paisagísticos irão exercer sobre o local. Ela também precisa estar perfeitamente impermeabilizada. Diferentemente dos jardins convencionais, que poderão receber praticamente qualquer tipo de vegetação, os jardins suspensos demandam um estudo bem mais detalhado, mas só com relação ao crescimento da planta, mas a forma como as raízes irão se comportar no momento da implantação e nos próximos 5 ou 10 anos.


5- Casas de inspiração clássica francesa ou inglesa combina com azaleias, camélias, begônias, heras, samambaias e Avencas.


6- Ao compor o espaço das varandas em apartamentos, considere 150 kg/m² como sua capacidade de peso para acomodação de vasos e floreiras.


7- As melhores plantas para se ter em jardins suspensos são aquelas que possuem um sistema de enraizamento pouco invasivo, como a eugênia, o buxinho, a Ixora, o viburno e algumas variedades de tuias.


8- Quando houver espaço para plantas altas, as melhores sugestões para escritórios são papiros (Cyperus sp), bambus e palmeiras (são dezenas de espécies da família da Araceae). Para arranjos baixos, opte por espécies suculentas, como a rosa-de-pedra (Echeveria sp) e dedinho (Sedum morganiaum).


9- As palmeiras são sempre interessantes em jardins de casas de praia, pois não desprendem folhas com frequência e as folhas secas, que ainda estão na copa, são facilmente visíveis e removíveis.


10- Para compor um jardim próximo a piscina, prefira espécies com folhas grandes, como palmeiras, coqueiros, filodendros, bananeiras de jardim e monsteras. Elas são resistentes e soltam poucas folhas. Cuidado apenas para a sombra não ser muito grande, deixando o ambiente escuro e a temperatura da água muito fria, e preste atenção na raiz da planta para não afetar a estrutura da piscina.


11- Explorar as paredes é uma boa opção com painéis que podem ter plantas em sua montagem. É uma forma de expandir o espaço. Você pode também ter elementos artísticos como quadros, peças de arte, luminárias que acendam eletricamente ou com o uso de velas.


12- Arranjos só com folhagens tropicais deixam o ambiente equilibrado e elegante. Cuidado apenas para não exagerar e colocar juntas muitas plantas tropicais, pois são muito marcantes e podem deixar o visual pesado e confuso.


13- O uso de treliças na parede é excelente, mesmo que não venha a receber plantas em sua estrutura. Fixar um espelho na parede e depois sobrepor a treliça resulta em um visual interessante, pois além de aumentar o espaço confere mais luminosidade a área.


14- Saiba utilizar as palmeiras a seu favor. As de tronco único, como jerivá e palmeira-do-rabo-de-peixe permitem sombra e transparência sob copa. As arbustivas e multicaules, como areca e cariota-de-touceira, formam barreiras e tapam paisagens indesejáveis, como muros. Já a ráfia e as chameadorias são ótimas para a criação de biombos, cobertura de muros baixos e ate para a formação de maciços pouco elevados, que liberam visual superior da paisagem.


15- Flores também podem ser usadas para humanizar e colorir ambientes corporativos, como orquídeas e bromélias.


16- Para impedir que a raiz do bambu mosso se alastre, pode-se construir uma mureta de contenção de aproximadamente 50 cm de profundidade ao redor de onde ficarão delimitados os bambus. Numa altura acima do nível do gramado ela pode ser um elemento paisagístico, dando movimento sinuoso ao local, alem de proporcionar efeito de volume.


17- Se houver pontos do jardim em que não é possível instalar um sistema de irrigação, utilize gel solido de água 100% biodegradável, que garante a rega por um período de 30 a 90 dias.


18- Em pequenas áreas, um bom projeto de iluminação pode criar efeitos pra lá de interessantes. Tire proveito do uso de LED`s e lâmpadas na cor âmbar, que geram conforto e aconchego em áreas muitas vezes não são utilizadas.


19- Em ambientes com cores claras e suaves e mobiliário leve, opte por espécies que remetem a um ambiente mais romântico, como lavanda e flores do campo de diversas espécies.


20- Em termos de arranjos florais, esta em alta compor vasos com o mesmo tipo de flor e sem folhagens. Abuse na escolha dos tons, usando por exemplo, muitas orquídeas na cor fúcsia, que é uma super forte.


21- No paisagismo, os arbustos podem ser utilizados para varias finalidades, como cercas vivas, que tem três funções distintas. Com ate 60cm de altura, ela desenha contorno de caminhos, conduzindo a circulação de pedestre. De 60cm a 1,20m ela impede a passagem do observador, mas não sua visão. Finalmente a partir de 1,80m ela impede a passagem e a visão do observador.


22- Em ambientes mais jovem ou artdeco também é possível criar jardins ou canteiros com espécies de grande efeito ornamental e formas pronunciadas, que combinam com as peças de design, como Amarílis, antúrios, e alocásia.


23- Casas caipiras de campo pedem plantas com muitas flores, que combinam com a rusticidade do ambiente.


24- Nas varandas formais com arcos, nichos, moveis, e peças antigas, podem ser usados vasos com guirlandas, plantas podadas em formato de bola ou cone e cercas vivas. Nas varandas tipo gazebo com treliça nos tetos ou paredes, moveis de palha natural, as plantas frutíferas, floríferas e aromáticas em vasos são uma boa opção. Já nas do tipo zen, com espreguiçadeiras confortáveis, velas e canteiros com pedrisco, as espécies ideais são as escultóricas, tipo bambu-mossô em vasos com design oriental e cycas.


25- Para quem tem um espaço no jardim com playground e demais brinquedos para as crianças, a dica é plantar espécies frutíferas. Essas plantas atraem pássaros e borboletas, o que chama a atenção das crianças e permite maior contato com a natureza.


26- Pequenos espelhos d`agua com fontes simples, podem criar um cenário a parte em pequenos locais, principalmente pelo agradável som que a água propicia, ideal mesmo é ter ma poltrona bem confortável ou rede para aproveitar ainda mais e relaxar.


27- Jardins mediterrâneos ficam bem com cactos de todos os tipos e plantas suculentas, que remontam as paisagens secas sem perder a exuberância do verde. Algumas espécies florais de acordo com a estação do ano, dando ao jardim uma beleza extra.


28- Se houver peixes no espelho d`agua, instale um filtro biológico para manter a qualidade e a limpidez da água. Alem de reter partículas solidas, ele cria condições propicias ao aparecimento de bactérias benéficas, como Nitrobac, que converte a amônia dos excrementos dos peixes em nitritos e nitratos, absorvidos como nutriente pelas plantas aquáticas. Um sistema de esterilização por raios ultravioleta pode ser utilizado para eliminar as bactérias nocivas após filtragem biológica.


29- Quando for comprar moveis de jardim, caso não conte com a participação de um profissional especializado(arquiteto,decorador,paisagista), leve a planta do imóvel com você. O mobiliário deve ser proporcional as medidas e a capacidade de utilização do local.


30- Procure agregar o espaço externo ao interno com mobiliário de jardim, tornando mais prazeroso seu local de moradia ou trabalho, alem de propiciar a impressão de aumento das áreas utilizadas. Observe medidas confortáveis que promovam bem-estar e não causem problemas posturais.

Postagens Relacionadas

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blog search directory Diretório de Blogs Comentar/adicionar no Comentarium Home & Garden Blogs
Home & Garden online
20 Minutos
Follow me on App.net Review http://www.multiflorafernandopolis.blogspot.com on alexa.com GeraLinks - Agregador de links Ver! Follow on Bloglovin