Publicidade

loading...

A Lenda do Açai

18:51:00



O fruto do Açai remete a energia e virilidade e já esteve em várias matérias na mídia televisiva no começo dos anos 90 e virou febre entre os amantes da boa forma por seus atributos.
O fruto do açai é pequeno, arredondado e arroxeado, quase preto quanto maduro, prefere solo úmido e alagadiço como várzeas e margens de rio porém também pode se desenvolver em terra firme.
Tem preferência por clima quente e úmido, considerada planta de grande porte, cresce em touceiras de 3 a 25 palmeiras que chegam a medir em torno de 20 metros de altura quando adultas.
Mesmo com todo o sucesso do fruto sua produção é quase que totalmente extrativista não sendo cultivado comercialmente em larga escala, no entanto estudos buscam a melhor maneira de torná-lo mais comercial.
A propagação do açai se faz por meio de sementes tanto na variedade Açai-do-pará como no Açai-da-amazonas. Pertencente à família das palmeiras, a espécie frutifica o ano inteiro, mas é no início do Verão que ocorre a sua melhor safra.

Nome científico: Euterpe oleracea Mart.
Família: Palmae
Origem: Brasil, região amazônica
Clima: quente e úmido
Solo: úmido e alagadiço
Propagação: sementes
Porte: grande porte
Curiosidades: o Açai-do-pará cresce em touceiras e ambientes alagados enquanto que o Açai-do-amazonas prefere terra firme e apresenta um único tronco.





A Lenda do Açai

A lenda do açai é contada de gerações em gerações e afirma que numa tribo indígena, onde hoje é a cidade de Belém, seus moradores passavam por uma terrível falta de alimentos e o cacique Itaki sem alternativas para matar a fome de seu povo, proibiu o nascimento de novos índios e condenou à morte as crianças nascidas a partir daquele dia.
Porém pela ironia do destino não muito tempo depois, a filha do cacique ficou grávida e deu a luz a uma linda menina. 
O cacique Itaki sem alternativa ao ser desrespeitado pela filha diante da tribo, mandou matar sua própria neta recém nascida. 
Iaça a filha do cacique chorava todos os dias a sua perda, desconsolada clamava a Tupã por uma solução para resolver a fome da tribo e ao mesmo tempo um alento para seu sofrimento. Numa noite de luar Iaça ouviu o choro de uma criança vindo de uma árvore e imediatamente visualizou uma linda menina que sorrindo lhe abriu os braços. 
Iaça sem duvidar tentou abraçar a menina que imediatamente desapareceu diante de seus olhos e Iaça então abraçou a palmeira de frutinhas escuras e começou a chorar, desfalecendo em seguida.
No dia seguinte a índia Iaça foi encontrada morta, abraçada á árvore sem nenhuma explicação, com os olhos fitados no alto da palmeira carregada de frutos. 
O cacique Itaki refletiu e então entendeu que poderia estar alí a solução para matar a fome de seu povo, pediu então, que os cachos da fruta fossem apanhados, e dela extraído o suco avermelhado para alimentar a tribo.
O cacique sofreu com a perda de sua filha e de sua neta, mas não podia fazer mais nada, então ele chamou as frutinhas desconhecidas de Açaí, em homenagem à sua filha Iaça (Açaí ao contrário).

Postagens Relacionadas

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blog search directory Diretório de Blogs Comentar/adicionar no Comentarium Home & Garden Blogs
Home & Garden online
20 Minutos
Follow me on App.net Review http://www.multiflorafernandopolis.blogspot.com on alexa.com GeraLinks - Agregador de links Ver! Follow on Bloglovin