Publicidade

loading...

Atraindo Beija-flores para o Jardim

19:03:00





Conheça as plantas que atraem beija-flores para seu jardim !


Além das cores das plantas o seu jardim pode ganhar ainda mais vida com o movimento e o canto dos pássaros que elas são capazes de atrair. Para tanto, escolha espécies capazes de fornecer alimento, abrigo e material para construção dos ninhos. Além de deixar o jardim mais bonito e harmônico com o ambiente natural, você ainda estará contribuindo com a perpetuação de várias espécies na natureza, prevenindo-as das ameaças provocada pela perda das florestas.
Diversas espécies de aves visitam flores regularmente para se alimentar de néctar, partes florais e insetos que vivem nas flores. Para atraí-las, as flores despertam nelas um dos seus principais sentidos: a visão. Aves possuem uma boa visão de cores, que é inclusive parecida com a nossa. Por isso as flores que atraem aves são coloridas, geralmente vermelhas ou amarelas. Além disso, têm pouco ou nenhum cheiro já que o olfato das aves é pouco desenvolvido. São flores tipicamente grandes ou estão em grandes inflorescências, para que assim chamem bastante atenção visual das aves e também para que possam reter grandes quantidades de néctar. Isto porque, afinal, é atrás de alimento que elas vão até as flores e, sem perceber, acabam saindo carregadas de pólen, e quando vão visitar outra flor realizam a polinização. Pois é, as flores não gastam energia fornecendo comida de graça, elas atraem as aves para que através dela seja realizada a polinização. No final todos saem ganhando!
Para guardar o néctar das aves, que é um alimento altamente energético, as flores o mantém em tubos ou outras estruturas não acessíveis a animais menores como abelhas pequenas ou besouros. O néctar de uma única flor já seria o suficiente para estes pequenos animais se alimentarem. Assim, eles não buscariam alimento em outras flores e consequentemente não fariam à polinização. Isso porque flores especializadas em serem polinizadas por aves possuem o néctar com alta quantidade energética já que as aves possuem grande metabolismo.
Dessa forma, são exemplos de flores que atraem principalmente beija-flores: abutilon (Abutilon sp), brinco-de-princesa (Fuchsia hybrida), helicônia (Heliconia SP), hibisco (Hibiscus rosa-sinensis), madressilva(Lonicera japonica), malvaviscus (Malvaviscus arboreus), camarão-amarelo(Pacystachys lutea), camarão-vermelho (Justicia brandegeana), flor-de-coral (Russelia equisetiformis), ave-do-paraíso (Strelitzia reginae, Strelitzia juncea), tumbérgia (Thunbergia erecta, Thunbergia grandiflora), sapatinho-de-judia (Thunbergia mysorensis).
Para atrair outras aves, além dos beija-flores, uma das estratégias é fornecer alimento através de espécies que possui frutos com a polpa comestível como:
Ameixa-amarela (Euriobotrya japonica), romãzeira (Punica granatum), pitangueira (Eugenia uniflora), jabuticabeira (Myrciara cauliflora), mamão (Carica papaya), palmito (Euterpe edulis).
Outra opção é plantar espécies que fornecem sementes que elas gostam: canelas (ex.: Ocotea elegans), cássia (ex.:Cassia javanica), cedro (Cedrela fissilis), inga (Inga uruguersis), quaresmeiras (Thibouchina granulosa, Thibouchina mutabilis), pinheiro-do-paraná (Araucaria augustifolia).
Ou ainda, para oferecer material para construção de ninho recomenda-se plantar:agaves, fórmio, bromélias,bambus. E se você deseja que elas fiquem permanentemente no local, escolha espécies onde as aves gostam de construir ninhos:árvores como o jacarandá-mimoso, pata-de-vaca,tipuana. Palmeiras, que além de abrigo também fornece material para o ninho: palmeiras-jerivá (Syagrus picrophylla), (Syagrus romanzoffiana), palmeira-imperial (Roystonea oleracea), palmeira-real (Roystonea regia), palmeiras com folhas em leque, como por exemplo, palmeira-de-leque-da-china (Livistona chinensis), palmeira-washingtônia (Washingtonia robusta).
Além dessas, Euphorbia pulcherrima, Eucalyptus, algumas espécies de maracujá de flores vermelhas e muitas espécies de cactos, bananeiras e orquídeas, também servem para atrair os pássaros. E as paineiras (ex: Chorisia speciosa) que oferecem local e fibra para construção de ninho, além das sementes como alimento.
Estes são apenas alguns exemplos de inúmeras espécies que podem ser plantadas. Para a escolha certa, leve em consideração as condições ambientais, a vegetação nativa de sua região e a diversidade de animais que cercam aquele ambiente. Assim você estará ajudando na conservação das espécies e protegendo a flora e a fauna brasileira.


Beija flor


No Brasil temos várias espécies de beija-flores com tamanhos variando entre 7,5 (beija-flor-verdinho) e 20 cm (beija-flor-brilho-de-fogo). Cada um mais lindo e mais colorido do que o outro. E é um enorme prazer vê-los nos jardins, passando de flor em flor atrás do nectar. Existem alguns que apropriam-se de plantas, não deixando outros pássaros se aproximarem. Costumam ser agressivas essas minúsculas aves! Com algumas dessas espécies plantadas em seu jardim você sempre terá beija-flores por perto: afelandra-coral (Aphelandra sinclairiana), asistásia (Asystasia gangetica), ave-do-paraíso (Strelitzia reginae), bromélia-imperial (Alcantarea imperialis), camará (Lantana camará), camarão amarelo (Pachystachys lutea), camarão-vermelho (Justicia brandegeana), esponjinha (Calliandra inaequilatera), heliconia (Heliconia sp.), hibisco-colibri (Malvaviscus arboreus), ixora (Ixora sp.), ipê (Tabebuia sp.), jacobínia (Justicia carnea), manto-rei (Thunbergia erecta), russélia (Russelia equisetiformis), sapatinho-de-judia (Thunbergia mysorensis).


Sabiá


Muitas as vezes que preparamos um terreno para implantarmos um jardim recebemos a vista do Turdus rufiventris, o famoso sabiá-laranjeira ou simplesmente sabiá. Ele, companhia freqüente nos jardins, adora a etapa de preparo do solo. Consegue as mais apetitosas minhocas! O sabiá aprecia também frutas como amora (Morus nigra), goiaba (Psidium guajava), caju (Anacardium occidentale), pitanga (Eugenia uniflora), mamão (Carica papaya), acerola (Malpighia glabra), jabuticaba (Myrciaria cauliflora) e laranja (Citrus sinensis). Nas palmeiras como o jerivá (Syagrus romanzoffiana), a seafórtia (Archontophoenix cunninghamii) e o acaí (Euterpe oleracea) nunca faltam sabiás para se deliciarem com seus frutos. Árvores ornamentais como a cheflera (Schefflera actinophylla), a murta-de-cheiro (Murraya exotica), a magnólia-amarela (Michelia champaca) e a fruta-de-sabiá (Acnistus arborescens) também atraem a ave.O mais interessante, é o seu jeito de prestar atenção nas pessoas. Parece querer comunicar-se. Fica pertinho, observando com seu olhar expressivo. Seu canto na época que antecede o período das águas é característico. Um lamento, uma reivindicação. Pede mesmo por chuva.É uma criaturinha muito especial. Não é a toa que é a ave símbolo do Brasil. 



Borboletas

As borboletas, coloridas e variadas, voando desajeitadamente, vão de flor em flor procurando por néctar. Desenrolam sua tromba, chamada probóscide, para sugá-lo das flores. São essenciais agentes polinizadores. Para que um jardim fique sempre repleto de borboletas, é bom que tenha uma grande variedade de espécies e insolação durante maior parte do dia. Elas gostam muito das flores que têm formas tubulares assim como daquelas com disco central, como as margaridas (Chrysanthemum leucanthemum), a medicinal equinácea (Echinacea sp.), o crisântemo (Dendranthema grandiflora) e o rústico picão-preto (Bidens sulphurea). Outras opções: lavanda (Lavandula angustifolia), ixora (Ixora sp.), lantana (Lantana camara), salvia (Salvia officinalis), vinca (Catharanthus roseus)e a lobélia (Lobelia inflata). 








Postagens Relacionadas

0 comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
blog search directory Diretório de Blogs Comentar/adicionar no Comentarium Home & Garden Blogs
Home & Garden online
20 Minutos
Follow me on App.net Review http://www.multiflorafernandopolis.blogspot.com on alexa.com GeraLinks - Agregador de links Ver! Follow on Bloglovin